BALADA DESCONCERTANTE


 BALADA DESCONCERTANTE


 

Dessa janela
De vidro e acrílico
Canto para você.
 

Mesmo, que,
sem você
Eu não “dê voltas”
 
Eu vou e volto;
revolto minhas sílabas,
Para te dar
enfim,
minhas palavras!
 
 
 

 

ANIVERSÁRIO DE SANTA INÊS -MA


 
CIRANDA
Minha rua eu levo para qualquer canto.
Em São Luis , São Paulo , Curitiba, Rio,
Meia volta no litoral e Rio outra vez
Em tudo, sempre, ou pouco mais ou  menos
Tem Santa Inês...