PORTELA DA DEPRESSÃO


 
 
PORTELA DA DEPRESSÃO
 
Voa águia azul e branca
Com o perfume do suor
Do samba
 
Ganha em outros carnavais
Com pérolas e tafetás...
 
Não és mais  ela
Um pouco menos bela
Só cabe a Portela
Ser o que sempre foi
E será