Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Março, 2018

A REVOLUÇÃO DAS PUTAS OU DIÁRIO DE UMA MENINA DE PLANTÃO

Comentário Inicial: Revelar a palavra que estou sentindo agora nesse momento, não traria a paz que gostaria que estivesse sentindo. Meu Deus! Eu quero a paz e um pouco mais de dignidade. Sei lá! Acho que as vezes poderia saber o que é amar. Não sei o que me fez sentir a necessidade de me degradar a este ponto, ou talvez a me suicidar a cada dia. Sou Helena, tenho 26 anos, fumo, as vezes bebo, corro da polícia, viciados, inconvenientes, ladrões que perderam a noite enfim de toda a escória ou de quem tenta fazer parte dela ,pelo menos em uma  noite. Já cheguei a fazer sexo 18 vezes na mesma noite, mais a média é de três vezes por dia. Não estou aqui para fornecer dados estatísticos, nem  fazer um discurso  sociológico, e muito menos ainda um diário particular que ficará escondido em qualquer canto. Quero apenas contar a mais forte e gratificante idéia que coloquei em prática. Por cima da janela  vejo que agora, metade do quarteirão é meu, parece que essa sacada mente, mas o que meus olho…

BAILARINA

BAILARINA para moimoi




Tens os pés com essa sina Bailarina... Na ponta, no estilo Com sua beleza , eu retiro: Qualquer elogio a outra mulher.
Rodopia e completa De forma discreta Nossa vida no teu giro... Com sua beleza , eu retiro: Qualquer elogio a outra mulher.






Dança comigo Faz o que quer.

Interpreta suas leis Minha doce mulher...
Me refaça, me beija Provoca -me, me deixa tranquilo Nos meus versos eu insiro Meu amor, por ti mulher.