Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2018

O RETRATISTA OU UMA POSE PARA GEORGIANA

O RETRATISTA OU UMA POSE PARA GEORGIANA                                                                                       das memórias do meu pai



Foto ©Andres Sierra


Era rotina na casa: todas as mulheres acordavam mais cedo, ficando a meu cargo o célebre apelido de dorminhoco. A primeira, sempre pontual, a Maria branca, a babá “mãe”, e braço direito da minha esposa Marly. Com ela todas as meninas, minhas 06 filhas, já se levantavam. O ano era de 1974 e ainda não tínhamos os dois mais novos, Luciana e Zeca. Maria Branca era a luz e a energia pela manhã. Além das meninas, as duas tias , Mairsa e Matilde, levantavam-se para a labuta, acompanhadas da matriarca Marly. O café da manhã já começava a ser feito, e , em lugares separados, as crianças comiam e se divertiam na mesa da cozinha velha. Simone , Silvana, Juliana e Susana, já formavam a algazarra no meio do cada vez eminente barulho, que rondava aquela casa com doze mulheres: seis filhas, duas tias, uma tia avó, três empregadas.
Maria…

PRESENTE CONTINUOUS TENSE

PRESENTE CONTINUOUS TENSE




O passo que damos hoje, Ultrapassa o passado. Esse passado chato, enfadonho, que passa; Que não é lembrado.
A memória que temos; Que outrora vivemos É você desfilando E meu olhar calado.
Memórias que atraem  o presente perfeito que é estar ao teu lado... ©José Viana Filho