Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2006

GIMME SHELTER

"...filmes devem ser ,antes de mais nada, algo em que você não duvide. Você confia naquilo que vê..."1





O Cinema direto americano procurou comunicar um sentido de acesso imediato ao mundo, situando o espectador na posição de observador ideal. Defendeu a não-intervenção, suprimindo roteiro e minimizando a direção2. Dentro dessas primeiras características do cinema direto americano podemos dizer que o Documentário "Gimme Shelter" se encaixa perfeitamente na escola observacional de documentários.

O documentário nos mostra o antes e o depois de uma turnê dos Rolling Stones que entrou para a história pela tragédia causada no show gratuito de em Altamont3 , onde um homem acaba sendo morto a facadas pelos seguranças contratados para o show.

Com uma completa ausência de voz off e sem material de arquivo, documentário começa com os Stones, logo após a tragédia, revendo na moviola algumas das imagens do show. Vozes no rádio informam ainda, as conseqüências do incidente e alguns …

O FIO DA MEADA - A PEÇA

UMA PEÇA, DOIS ATORES E VÁRIOS DISSABORES



A peça começa com o caminhoneiro malandro, vivido por Ricardo Marecos, entrando no apartamento da ingênua balconista de quermesse, vivida por Marta Paret. As intenções do caminhoneiro de dar "uma bimbada maneira" acabam se transformando em um jogo psicológico de descobertas de medos, desejos e solidão por parte do casal inusitado.

O texto de Paulo Reis é irônico e recheado de bom humor, ao mesmo tempo em que aos poucos vai revelando pequenas pinceladas de lirismos e drama. Essa mistura faz que em pouco mais de uma hora, a peça te conquiste por inteiro. Impossível ficar indiferente à solidão e anseios dos personagens, sem pelo menos não se colocar em alguma situação que os dois discutem.

Ricardo Marecos acerta ao fazer um caminhoneiro cheio de malandragem sem cair em uma caricatura fácil. Marta Paret, encanta pela mistura ingênua, doida e divertida. Além de esbanjar beleza e sensualidade no palco. Os dois atores levam o texto, com alguma…

SE MEU APARTAMENTO FALASSE

De Billy Wilder



"Se há uma coisa que detesto mais do que não ser levado a sério, é ser levado a sério demais".

Billy Wilder






A estória é bem simples: C.C. Baxter é um funcionário ambicioso, vivido por Jack Lemmon. Ele empresta seu apartamento para seus superiores. Todos são casados e usam o espaço para ter encontros amorosos. Com essa tática Baxter começa a subir na companhia. Tudo inicialmente dá certo, até ele se apaixonar por Fran Kubelik, vivida por Shirley MacLaine, amante de um dos seus chefes.

O filme é uma comédia amoral. Carregado de um humor inteligente e ácido. Os roteiristas I.A.L. Diamond e Billy Wilder, conseguiram colocar em xeque algumas questões da sociedade capitalista moderna. A instituição familiar correta, dos idos da década de cinqüenta, é questionada quando mostra homens adúlteros e sem nenhum sentimento de culpa traindo suas esposas com as funcionárias da empresa.

C.C Baxter, na ânsia de galgar um melhor cargo dentro da empresa, entra em um perigoso jogo qu…

SAMUEL BECKETT

BECKETT EM QUESTÃO




Samuel Beckett nasceu perto de Dublin, Irlanda, em uma sexta-feira santa, 13 de abril de 1906. Criado em uma família de classe média e protestante, ele foi na idade de 14 anos estudar na mesma escola que Oscar Wilde estudou. Revendo sua infância, ele uma vez comentou, "Eu tive um pequeno talento para a felicidade."

Samuel Beckett foi o primeiro autor do teatro do absurdo a ter fama internacional. Seus trabalhos têm sido traduzidos para mais de vinte línguas. Em 1969 ele foi premiado com o Prêmio Nobel para Literatura. Ele continuou escrevendo até sua morte em Paris no ano de 1989. Sua principal peça "À ESPERA DE GODOT" rompeu várias barreiras da linguagem teatral , criando o que seria a base fundamental para o teatro moderno.


Não estou aqui para fundamentar nenhuma teoria sobre esse genial autor, nem cabe a mim fazê-la, deixo para os críticos e estudiosos do teatro.No entanto quero indicar uma obra que li desse Irlandês , chama-se "PRIMEIRO AMO…