"AGORA É QUE SÃO ELAS" DE PAULO LEMINSKI

Photobucket - Video and Image Hosting






Agora é que são elas
(1984) é o segundo romance do Samurai malandro curitibano(o primeiro foi Catatau), uma obra que por muito tempo permaneceu inédita.Privilégio apenas de poucos leitores e sebos. Mas que finalmente , graças à fundação Cultural de Curitiba, a prefeitura de Curitiba e a Editora Brasiliense, esse romance sai da lista underground de bares e discussões e torna-se aberto ao público em geral, os amantes e novos leitores da obra do genial poeta mestiço Paulo Leminski.



Photobucket - Video and Image Hosting





A leitura é rápida, fácil e divertida.Um vai e vem de verbos e orações balançam sua cabeça, tudo misturado com um certo suspense (quem tiver labirintite eu não indico)... Seria maldade contar qualquer detalhe do enredo aqui. Deixo com vocês uma frase do livro Catatau (para ajudar a explicar o que quero dizer) e a sinopse que tem atrás do livro: detalhes às vezes não importam . Boa leitura para quem se interessar.


As aparências enganam, mas, enfim, aparecem, o que já é alguma coisa, comparando com outras que, vamos e venhamos, talvez, nem tanto

(Paulo Leminski ? Catatau, p. 113)



Ficção, re-ficção, uma história que desvenda o processo de todas as histórias, AGORA É QUE SÃO ELAS, uma novela com começo, meio e fim (não necessariamente nessa ordem claro). Um romance para tocar no rádio.





Photobucket - Video and Image Hosting

0 comentários: