SOBREVIVENTE DE CHUCK PALAHNIUK





Sorevivente, o livro





Vindo de uma escola americana de escritores fortemente influenciados pela narrativa cinematográfica, Chuck Palahniuk faz ,com essa influência, com que seus livros tenham sempre uma estória eletrizante com parágrafos curtos recheados de significações e duplo sentidos.
Em SOBREVIVENTE, há tudo o que a crítica fala ,desse que é o autor mais famoso do mundo Underground literário americano: um enredo pouco usual na literatura clássica, personagens com nada de heróicos, e, muito menos preocupados em nos passar alguma lição “careta”,somando a uma visão pra lá de pessimista do mundo capitalista atual.

O personagem principal do livro, Tender Branson, nos conta, preste a se matar em um avião no início da trama, o seu drama pessoal que vai desde a infância no interior dos Estados Unidos, na sede da seita suicida Igreja do Credo(deixando apenas pouco mais de 100 sobreviventes),passando pelo suas tarefas domésticas em casa de novos ricos americanos, permeando um romance com uma mulher que ele conhece no disck ajuda.

Na primeira parte do livro, a narrativa mistura citações biblícas, humor ácido, receitas de etiquetas , dicas domésticas. Na segunda parte, vemos a ascenção de Tender Branson, como o único sobrevivente da seita, depois de diversos suicídios (ou seria assassinato?) dos restantes dos membros da seita. Tender vira um novo guru religioso, ao mesmo tempo em que vê uma investigação se dirigir a ele como principal culpado de diversos assassinatos.

O livro é um pequeno achado da literatura atual, o autor de livros como Clube da Luta(que virou filme consagrado),Choke(que virou outra boa adaptação para o cinema) dentre outros; Chuck Palahniuk, soube de forma inteligente e coesa escrever um estória que nos faz rir de coisas sérias, refletir sobre o mundo moderno e ainda nos divertir com uma narrativa pra lá de original. O livro é obrigatório.


Chuck Palahniuk

1 comentários:

Anônimo disse...

Hello. And Bye.