70 ANOS DE EDSON ARANTES DO NASCIMENTO, O PELÉ.




Pelé disse Love, Love,Love...




Pele e o vasco




 Foram mais de 1.000 gols, dois títulos mundiais de clube, três pela seleção brasileira e outros campeonatos nacionais ,que fizeram de Edson Arantes do Nascimento, um mito do futebol mundial.

Sua carreira já começou grandiosa:aos 17 anos encarou jogar pela seleção canarinho, e se sagrou campeão mundial  em 1958, na Suécia. Começava com o pé direito, uma carreira de vinte anos de dribles e gols inesquecíveis , encerrada no Cosmos dos Estados Unidos.



Pele e o soco




Pelé, foi e ainda é , uma espécie de embaixador brasileiro e do futebol.Como poucos ,soube preservar sua imagem de atleta e até certo ponto de bom moço, sendo referência e exemplo para muitos atletas ,de como lidar com o a fama e fazer proveito dela: li recentemente que ele fatura mais que o Messi.

Aos setenta anos e trinta e poucos depois de encerrada a carreira de jogador, Pelé (o atleta do século)deixou um legado de imagens e lembranças tão grande que , mesmo quem não o viu jogar,  tem em seus gols e ou dribles sua imagem predileta. Para mim, seu maior gol , foi ao falar na sua despedida no Cosmos para mais de 100 mil pessoas: Pelé pediu Love, Love, Love...






Pele e o gol






0 comentários: