A MORTE DE JOÃO HÉLIO FERNANDES VIEITES.

CRÔNICA DE UMA MORTE ANUNCIADA


Photobucket - Video and Image Hosting





Uma criança de seis anos foi arrastada sete kilômetros em quatro bairros da zona norte carioca.O rastro de sangue, que os bandidos deixaram, traumatizaram alunos , moradores, vendedores que viam a cena grotesca diante de seus olhos. E tentaram avisar ainda os marginais que seguiam acabando com uma vida , como se uma vida não fosse nada.

A vida de João Hélio Fernandes Vieites acabou, mas a violência não. Mais uma vítima,de tantas outras já esquecidas.De tantos outros que já se foram(350, 174, Vigário geral,Baixada Fluminense e por ai vai...).Alguma coisa deve ser feita. Eu não tenho a mínima idéia ou sugestão para acabar com esse rolo compressor que nos suprime e esmaga a cada dia. Uma coisa é certa e óbvia: da forma como estamos não dá.

Fica aqui, meu apoio a família da vítima e minha indiferença(misturada com ódio) aos assassinos

0 comentários: