ROLLING STONES IN COPA


MINHA "SATISFACTION" EM VER OS ROLLING STONES


O apocalipse anunciado e de graça: Stones x Copacabana.


Image hosting by Photobucket



São vinte e cinco discos de estúdio e dez ao vivo. Duzentos e cinqüenta milhões de cópias vendidas, quarenta e dois anos de sucessos, fracassos, tragédias e lendas. De Londres, onde foram lançados em 1964 com o disco "Englards Newest Hit Makers", eles ganharam o mundo. Refiro-me ao quarteto inglês composto por Mick Jagger, Keith Richards, Ron Wood e Charlie Watts, os Rolling Stones.

Dia 18 de fevereiro, uma semana antes do carnaval, estarão em Copacabana (a prostituta do mar) para fazer aquele que já se apresenta como o show mais antológico da Banda (estão esperados 1,5 milhão de pessoas ). A histórica praia carioca, nas imediações do posto 2, em frente ao Copacabana Palace, será palco para a gravação do DVD ao vivo da banda. A Turnê "A Bigger Bang", que já faturou cerca de 162 milhões de dólares, marcará o show número 55 aqui no Brasil. O que prova ainda que os Bad Boys geriátricos estarão mais que afiados para o mega show em terras cariocas.

Se não bastasse ser fã (com presença confirmada lógico) e saber que está no roteiro eles cantarem músicas como: "Love is strong", "Start me up", "Sympaty for the devil", "Paint Black" (minha favorita) e a antológica "Satisfaction" (que encerrará o show). Além de tudo isso, o show será de graça.

Algumas pessoas falam que o show sendo de graça não dá, vai ser correria, pisa-pisa, farofa, areia, stress e cia. Eu já fui a alguns grandes shows e fui pisado, cuspido, empurrado e ainda paguei. Melhor então será ser pisado, cuspido, rasgado sendo de graça.

Os Rolling Stones merecem qualquer sacrifício, pois, dentro do cenário "Bambi-purpurina" que se transformou o rock, os bad boys londrinos ainda são exemplos do que significa ter atitude, inteligência, estilo, talento. Qualidades, aliás, que por obrigação, fazem parte do pacote para quem quer fazer o maior e mais puro ritmo de todos os tempos: O Rock.


Image hosting by Photobucket

0 comentários: